Momentos económicos… e não só

porque me apeteceu fugir aos temas do momento, no dinheirovivo.pt

3 comentários

de hoje, a proposta de debate é sobre como o estado reconquistar o pequeno aforrador e as suas poupanças.

Anúncios

Autor: Pedro Pita Barros

Professor de Economia da Universidade Nova de Lisboa

3 thoughts on “porque me apeteceu fugir aos temas do momento, no dinheirovivo.pt

  1. Uma boa medida seria isentar de IRS os juros de depósitos a prazo até um certo valor, como se faz noutros países. Já não digo que o tecto seja 800€ (de juros) como me parece que é actualmente o valor na RFA. Podia ser menos/teria de ser menos. Mas chamava a pequena poupança e era bom para todos: contribuintes, Estado, e até para os bancos. A situação actual é aberrante.

    Gostar

  2. Essa é uma boa ideia para dar alento à pequena poupança, embora não a direccione para o financiamento público.

    Gostar

  3. Olá Pedro,
    De modo algum foges dos temas do momento. E ainda bem…
    É muito bem vinda esta tua achega.
    Vejo porém como dificil, infelizmente, a possibilidade de o Estado re-ganhar a confiança dos aforradores nesta matéria.
    Além disso, sempre me pareceu uma verdade muito curta o argumento de se ter diminuido a remuneraçao dos certificados para baixar os encargos da dívida. E temo que por essa mesma razão não venha agora a ser possível retomar níveis de remuneração e confiança que concorra ou tenha vantagens face aos depósito a prazo…

    um abraço
    D

    Gostar

Deixe um momento económico para discussão...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s