Momentos económicos… e não só

TSF Opinião (# perdi a conta…)

1 Comentário

Retomo hoje o que pretendia que fosse um hábito de introduzir o motivo da crónica TSF da semana. No caso de hoje, o tema foram os prémios dados a alguns trabalhadores da TAP. Por ter estado fora uns dias, quando cheguei fui surpreendido pelo assunto, que incluía já chamada de gestores ao ministro, e uma tentação de sermos “microgestores” da TAP olhando para os prémios. Se cada um pode fazer julgamentos sobre os méritos, ou falta deles, dos prémios atribuídos, e numa empresa com maioria de capital público mas gestão privada, pareceu-me razoável pensar se o acionista público deveria ter essa posição. Este foi o ponto de partida, e daqui dois elementos me pareceram relevantes para destaque: por um lado, não sabemos que objetivos do acionista público foram transmitidos à gestão da TAP e que limitações (não ter prejuízos? por exemplo); por outro lado, a serem corretas, houve posições dos representantes do estado, transformadas em decisões, que depois não foram respeitadas pela gestão executiva (no que me parece ser um mau sinal para o futuro). Os prémios atribuídos podem parecer estranhos, até podem ser justificados internamento por contratos ou por decisões de gestão, mas há mais motivos para olharmos para a gestão da TAP para lá dos prémios.

A crónica está disponível aqui.

Anúncios

Autor: Pedro Pita Barros

Professor de Economia da Universidade Nova de Lisboa

One thought on “TSF Opinião (# perdi a conta…)

Deixe um momento económico para discussão...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s