Momentos económicos… e não só

Observatório mensal da dívida dos hospitais EPE, segundo a execução orçamental (nº 62 – Novembro 2019)

Deixe um comentário

Se no mês passado tinha a queixa do tédio, este mês a novidade, ou nem tanto, é a aceleração dos pagamentos em atraso em mês de eleições. O crescimento registado foi acima dos valores da tendência em curso, que não pertence ao conjunto das tendências mais baixas desde que existe informação para o seu cálculo.

Tem sido normal que em mês de eleições isso suceda, e é provável que mais uma vez com o aproximar da elaboração do orçamento do Estado se assista a um maior crescimento da dívida (ou pelo menos se assista a um maior registo da dívida).

O habitual gráfico mostra que o valor para Outubro de 2019 está claramente acima da linha de tendência recente, e coloca o valor médio dessa tendência nos 47 milhões de euros por mês. A registar-se, nos próximos meses e até à aprovação do orçamento, crescimentos similares, teremos uma aproximação às tendências de crescimento mais aceleradas. Resta saber se até final do ano será anunciada mais uma regularização extraordinária das dívidas dos hospitais EPE, nos moldes habituais e levando a novo impulso nos valores divulgados de dívida, ou se será possível encontrar uma nova forma de lidar com esta questão.

graf_dividaScreenshot 2019-11-26 at 21.39.17

Autor: Pedro Pita Barros

Professor de Economia da Universidade Nova de Lisboa

Deixe um momento económico para discussão...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s